sexta-feira, 28 de março de 2014

NELSON DE SOUZA SAMPAIO


NELSON DE SOUZA SAMPAIO
https://www.google.com.br/#q=nelson+de+souza+sampaio


Nelson de Souza Sampaio, mais conhecido como Nelson Sampaio, professor, jurista e político baiano, nasceu em Macajuba, no dia 26 de julho de 1914, sendo seus pais José Ribeiro Sampaio e Laura de Souza Sampaio.

Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Bahia, no ano de 1937, especializando-se em Ciências Políticas na Northwestern University, em Illinois, nos Estados Unidos (1946).

Iniciou a carreira docente em 1938, lecionando Psicologia Educacional no Instituto Normal da Bahia. Depois, na |Universidade Federal da Bahia, tornou-se professor de Teoria Geral do Estado (na Faculdade de Direito), Sociologia (na Faculdade de Filosofia), Ciências Políticas (na Escola de Administração) e Instituições de Direito (na Faculdade de Ciências Econômicas). Foi diretor da Faculdade de Direito da UFBa  (1961 a 1964) e professor –visitante do “Centro de Estudos Internacionais”, na Cidade do México, onde ministrou um curso sobre Política Exterior do Brasil, no ano de 1963.

Foi consultor jurídico do Poder Legislativo do Estado, diretor da Penitenciária da Bahia (1938-1939) e membro de diversas instituições culturais: Conselho Estadual de Cultura, (do qual foi presidente, de 1968 a 1971), Academia de Letras, Instituto Geográfico e Histórico, Associação Bahiana de Imprensa, etc.
Teve destacada atividade político-partidária: deputado estadual, em várias legislaturas (1947-1951.1951-1955, 1955-1959) e lider de bancada  (1947-1949 e 1951-1954), presidente da Comissão Constitucional (1947), titular das Comissões: Constituição e Justiça (1947-1950), Finanças, Orçamento e Contas (1947-1953), Redação, Leis e Resoluções (1954), Indústria e Comércio (1955), Viação e Obras Públicas (1956).

Em 1966. Foi Observador da Organização dos Estados Americanos (OEA), na República Dominicana e na Bolívia.

No exercício de seus encargos,  recebeu homenagens e honrarias, destas destacando-se a comenda da Ordem do Mérito de Rio Branco,  no grau de Comendador.

De sua extensa bibliografia constam as seguintes obras:

A Criminalidade Negra no Brasil, 1939;
As Ideias-Fôrças da Democracia, 1941;
O indivíduo e o Direito Penal do Futuro. 1942;
Teixeira de Freitas - Elogio do Jurista, 1943;
Mensagem à Nova Geração, 1945;
A Desumanização da Política, 1951;
Ideologia e Ciência Política, 1953;
O Poder da Reforma Constitucional, 1954;
As Doutrinas Políticas Contemporâneas e suas Relações com a Segurança Nacional, 1956;
A Arte de Ser Livre, 1957;
A Ciência e a Arte da Política, 1958;
O Parlamentarismo e a Realidade Brasileira, 1959;
A Atualidade de Durkheim, 1959;
The Foreign Policy of Brazil, Foreign Policieis in a World of Change, Harper & Row, Nova York, 1963;
Da Investigação Parlamentar, 1964;
Perfil Eleitoral da Bahia, 1964;
O Parlamentarismo no Brasil Império, 1964;
Presença de Rui na política, 1967;
O Processo Legislativo, 1968;
A Propaganda e o Direito, 1969.

Nelson de Souza Sampaio faleceu em 20 de dezembro de 1985, com 71 anos de idade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário