sábado, 5 de janeiro de 2013

GILBERTO GIL


GILBERTO GIL




Gilberto Gil nasceu em Salvador no dia 26 de junho de 1942,   sendo seus pais  José Gil Moreira (médico e poeta) e Claudina Moreira.
Bem cedo seus peogenitores mudaram-se para Ituaçu. Aos 8 anos de idade, Gilberto Gil voltou para Salvador, matriculou-se no Colégio Maristas, entrou em uma academia de acordeom.
Concluídos  os preparatórios, ingressou na Faculdade de Administração da Universidade Federal da Bahia, quando conheceu Caetano Veloso, Maria Betânia, Gal Costa e Tom Zé e com eles realizou, em junho de 1964,  sua primeira apresentação pública.
Em 1965, completou o curso de graduação e mudou-se para São Paulo. onde cantou a música “Iemanjá” no V Festival da Balança, festival organizado pelos estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie.
Dois anos depois, causou sucesso no Festival de Música da Record.
Em 1968,  ele e Caetano Veloso foram presos pelo regime militar, sob alegação de exercerem atividades subversivas. As músicas de Gilberto Gil e de Caetano Veloso, líderes do tropicalismo, lançaram  o grito de repulsa ao regime vigente, motivo pelo qual foram expulsos e exilados na Inglaterra. Em Londres, compondo em inglês, conquistaram o público europeu.
Em 1970, foi o único latino a participar do Festivel da Ilha Wight, ao  lado das maiores estrelas do rocck-pop mundial. Fez uma turnê pelos Estados Unidos, obtendo grande sucesso.
A partir de então se tornou um artista consagrado. Deu expressiva contribuição à música africana, norte-americana e jamaicana (reggae), lançou os álbuns “Realce” e “ “Refazendo” e gravou a música “Eu vim da Bahia”, no LP “João Gilberto”.
Em 1972, Gilberto Gil e Caetano Veloso retornaram ao Brasil.
Em 1975, gravou “Refavela” (depois de uma viagem à África), e “Realce”. Na canção “Sandra”, do álbum “Realce”, fez alusão à sua experiência de ter sido preso por pote de drogas quando fazia uma excursão ao sul do Brasil e, em conseqüência, ter sido condenado a permanecer em um manicômio judiciário.
Em parceria com Caetano e Gal Costa lançou, em 1976, o disco “Doces Bárbaros”, muito criticado na época; depois, foi considerado obra-prima, serviu de enredo para a escola de samba Estação da Mangueira, agitou o carnaval de Salvador e foi apresentado, à Rainha da Inglaterra, em desfile realizado na praia de Copacabana.
Em 1989, foi eleito vereador em Salvador e em 1º de janeiro de 2003 foi nomeado Ministro da Cultura (cargo que exerceu até 30 de julho de 2008).
===========================================================
      
A COISA MAIS LINDA QUE EXISTE
Coisa mais linda nesse mundo
É sair por um segundo
E te encontrar por aí
E ficar sem compromisso
Pra fazer festa ou comício
Com você perto de mim
Na cidade em que me perco
Na praça em que me resolvo
Na noite da noite escura
É lindo ter junto ao corpo
Ternura de um corpo manso
Na noite da noite escura
A coisa mais linda que existe
É ter você perto de mim
O apartamento, o jornal
O pensamento, a navalha
A sorte que o vento espalha
Essa alegria, o perigo
Eu quero tudo contigo,
com você perto de mim
 
                                                       

 
                                          
                
                                                   
                       
                                        
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário