quarta-feira, 28 de novembro de 2012

LAURO DE FREITAS


LAURO FARANI PEDREIRA DE FREITAS
 
 
 
Lauro  Farani  Pedreira de Freitas, mais conhecido como Lauro de Freitas, engenheiro e político baiano, nasceu em Alagoinhas, no dia 15 de abril de 1901, sendo seus pais Graciliano Pedreira de Freitas e Marianina Farani de Freitas.
Fez os  estudos iniciais em sua cidade de origem, completando-os em Salvador, onde foi aluno do Colégio Antônio Vieira.
Concluídos os preparatórios, ingressou na Escola Politécnica da Bahia, pela qual recebeu o diploma de Engenheiro Civil.
Iniciou a vida profissional como desenhista e inspetor de obras de arte.
Depois assumiu, sucessivamente, as funções de professor de Cosmografia e Geofísica do Ginásio da Bahia, superintendente da Compagnie de Chémins de Fer Féderaux de L´Est Brésilien, presidente da Caixa de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários da Bahia e de Sergipe e, finalmente,  diretor da Viação Férrea Leste Brasileiro (cargo que ocupou durante dezessete anos).
Entrou na política partidária em 1945, quando foi eleito deputado federal pela Bahia.
Em 1946, em um gesto de nobreza, desistiu de ser candidato ao governo do Estado a fim das forças políticas se unirem em torno de Otávio Mangabeira.
Em 1950, seus correligionários homologaram sua candidatura.
Em 11 de setembro daquele ano, para consternação geral, Lauro Farini de Freitas,  candidato ao governo da Bahia, faleceu em Bom Jesus da Lapa, em  um desastre de avião.
Ele tinha, na ocasião, 49 anos de idade.
Morreram no mesmo acidente, o pai do futuro governador da Bahia, Nilo Moraes Coelho, o deputado Gercino Coelho (que concorria na mesma chapa, como vice-governador) e o piloto Guilherme Brandão.
A respeito deste fato afirma Orlando Bastos Fraga que “existem algumas informações equivocadas". No seu modo de ver, o lamentável acontecimento não ocorreu no município de Bom Jesus da Lapa, e sim a cinco quilômetros da sede do município. A fuselagem, diz o referido A., ficou quase trinta anos no local onde o avião caiu, em cima de uma árvores, ao  lado de uma lagoa.
 
O local, acrescenta o informante, foi transformado em ponto de visitação quase obrigatória dos moradores de Bom Jesus da Lapa e de curiosos que afluem de outros municípios da região.
Em homenagem ao grande homem público, o município de Santo Amaro de Ipitanga, situado na área metropolitana de Salvador, foi rebatizado com o nome de Lauro de Freitas.
 
           
                                                             SALVADOR:  MONUMENTO A
              LAURO DE FREITAS
 
CARTAZ DA CAMPANHA DE LAURO
DE FREITAS, CANDIDATO A GOVERNADOR DA BAHIA
 
BRASÃO DO MUNICÍPIO DE
LAURO DE FREITAS
 
 

Um comentário:

  1. Lauro de Freitas foi o mais competente diretor de Estrada de Ferro
    na Bahia. Foi na sua gestão que a Leste Brasileiro atingiu o périodo
    de melhor desempenho de sua história

    ResponderExcluir